quinta-feira, julho 03, 2008

Bau 2006: Para te Ser


Eu não te deixo abraçar
não te deixo rezar
não te deixo acariciar
não te deixo amar
não te consigo deixar

tu não me podes ver
não me consegues ler
não me queres ter
não me vais perceber
porque existo para te ser.


foto: visioluxus

1 comentário:

Nogs disse...

Apesar da beleza do poema e post...

Não se deve viver para se ser noutro alguém...

Beijocas.


E parabéeens!!!

Descobre a prendinha que te deixei algures por aí:P