quinta-feira, junho 28, 2007

hoje é o ontem de manhã e o amanhã de ontem




A nossa única certeza é a surpresa.
por isso tento viver o amanhã hoje,
saltar degraus enquanto as pernas aguentam.
Se me deres o teu número hoje,
garanto-te que não esperarei por amanhã.

...

Ontem disse-te que não
para hoje te surpreender com um sim.
A única garantia que te posso dar é o meu passado
a única promessa é o teu futuro.
Fica comigo e ganha 30 anos de experiência
leva-me contigo e terás a minha eternidade.

...

Viaja ao teu futuro e diz-me se me vês
se te atraiçoei indo embora.
Se é isso que vês hoje,
se não acreditas que ficarei,
(e prometes-me que queres que fique),
inevitavelmente terás de me deixar provar
que a tua certeza é um engano.

pic wiedzma66b

quarta-feira, junho 27, 2007

the arms of sleep


A minha mente está acordada mas o meu corpo está nos braços de Morfeu.
E hoje ele és tu, feminina e carinhosa.
...
De volta ao mundo real as palavras saem, construo conversas, arrisco-me a dizer que "vivo", mas o meu corpo continua a dormir.
Eu estou a envelhecer, a acumular memórias por cima das que tenho contigo, mas as minhas cicatrizes e o meu cheiro continuam nos braços de Morfeu.

pic SpectralFairy

domingo, junho 24, 2007

lembranças



Já ouvi vozes doces,
já ouvi risos e choros simultâneos,
já ouvi lamentos,
já ouvi suplicações,
já ouvi gargalhadas viciantes,
já ouvi recusas desesperantes,
já ouvi muitos sins,
já ouvi muitos porquês,
já ouvi histórias e estórias,
já ouvi palavras de futuro...
... mas sempre pensei que te iria ouvir outra vez.

Já vi o mar fundir-se com o céu,
já a felicidade de um inimigo,
já vi o futuro no olhar de uma criança.
já vi sofrer e pedir por mais,
já vi amar como quem dá,
já vi amar como quem tira...
mas sempre pensei que me irias olhar outra vez.

Já vivi por muitos anos,
já vi como se fosse um só dia,
já vivi a rir,
já vivi por todos com todos,
já vivi um acordar delirante,
já vivi acordado, verdadeiramente acordado...
e isto tudo vivi contigo,

sempre pensei que me irias viver outra vez.

pic alberich

sexta-feira, junho 22, 2007

A medida do ser Humano


Eu estava deitado no escuro,
sonolento,
calado.
Quem não me conhecesse
nunca diria que estava a sofrer.

Mas tu viste-me,
tu percebeste...
sempre me percebeste.

Para me ajudares tiveste de te deitar no chão,
ignorando o facto de estar gelado e desconfortável.

Eu continuava calado... quieto.

Pensaste que tinha frio
e tapaste-me com a tua roupa.

Mesmo sabendo que não te via,
olhaste-me nos olhos
e sugaste os meus pesadelos.

...

Quando renasci, não te vi ao meu lado,
era demasiado escuro.
Vesti-me com uma roupa curta,
e fui embora no meio da escuridão.


Tu ficaste deitada, inerte,
sonolenta,
calada.

O que me deste, meu amor,
é matéria com que se mede um ser humano.


pic by xxchange

quarta-feira, junho 20, 2007

t.er.


"Ajudei a construir
mas não posso ter!
Esta é a dor pura da derrota.
Não acreditei que o mal pode estar próximo
mas acredito que o bem está próximo demais.

Tudo o que podia usar para te dizer
decidi usar para me fazer Pensar! Sentir!
Para poderes viver!
Vai que estás a viver...
eu sei!"

T

"Mostrei quando não te tinha,
provei-te o que conseguía dar,
e recusaste até estar dentro de ti...
nessa altura deixei de saber amar.
Não te consegui ver
encadeado a tentar parecer digno
de estar contigo.
Enganei-me, enganei-te
e agora gostava que soubesses,
que não estou a viver.
Já não sei como."

R


picjerseydevil018

segunda-feira, junho 18, 2007

alguém como tu



quando tudo faz demasiado sentido,
quando as coisas são só como deviam ser,
quando sei com o que contar e fico parado a contar,
quando tudo o que planeei limita-se a acontecer....

apareces tu...

para me lixar a normalidade.

e a linha recta termina uma rotunda, obrigando-me a escolher.
paro para olhar para as pessoas com que me cruzo, com vontade de as conhecer e, obviamente, chego atrasado.
esvazio a carteira em guloseimas que não como há 10 anos e ganho uma dor de barriga,
deito fora a agenda e o futuro torna-se incerto.

quando decides aparecer...

consegues mostrar-me que o meu futuro, se for garantido, é somente um passado por viver...


obrigado do fundo do coração.


pic arghavan

"The reasonable man adapts himself to the world; the unreasonable man persists in trying to adapt the world to himself. Therefore all progress depends on the unreasonable man" (George Bernard Shaw)

"Escape the Fate"


O meu passado está cheio de ses,
o presente de eus
o futuro de vós.

A minha vida está cheia de nãos
ainda com medo dos ses
sem coragem para sins.

Devia mudar para os talvez,
se isso me levar aos teus,
e conseguíssemos desatar os nós.

pic BatDesignz

sábado, junho 16, 2007

solidão (pequeno ou pouco)


Quando faz sentido:
O meu mundo é pequeno,
e só meu,
falo em poucas palavras,
levanto todas as minhas defesas exteriores.
Sou sensível na minha solidão...
uma palavra brusca vai como seta ao meu coração,
uma palavra terna tem como resposta um "adoro-te".
Embriaga-me a solidão...

(pic by kea-etc)



Quando a minha solidão fica em casa:
O meu mundo é pouco,
e é de todos.
Danço por tudo e por nada,
não preciso de escudos,
pois o meu sorriso defende-me,
não preciso de razões para distribuir abraços.
Enlouquece-me a falta de solidão...

(pic by joezakaria)

sexta-feira, junho 15, 2007

portas e muros



Viste-me e disseste não,
viste-me nos olhos falta de ti,
não querias entrar,
por falta de interesse,
e porque as portas te estariam fechadas.

Eu vi-te encantada,
tão aliciante,
tão liberta,
tão suave.

Mas enquanto o minha mente corria para ao pé de ti,
ensaiava obras de arte incompletas,
e te surpreendia com sinceridade,
os meus lábios continuaram cerrados,
as minhas portas fechadas.

Pensei que tinha tempo,
que virias um dia a saber,
e que estaria pronto me revelar...

O resto tu sabes...


por muito que te mostre portas abertas o muro criado é mais alto.

pic gilad

segunda-feira, junho 11, 2007

Escolhas


Vamos parar e pensar...
então porque não?

Até escolhermos somos capazes de fazer tudo...
e então escolhemos fazer isto.

E se isto não for aquilo que pensámos ao escolher...
podemos sempre escolher de novo.

E antes de escolhermos...
as possibilidades são infinitas.

"The question is: how far down the rabbit hole do you wanna go?"

pic YouMan

Out there


Não me digas que o que vem é bom,
não neste momento.
Eu não serei capaz de viver para sempre,
pelo menos não hoje.

Hoje não te darei ouvidos,
Eu vivo por mim,
faço por ser.

Os sonhos de fazer sonhar,
os poemas que te darei,
os lábios que beijarei
ficam para mais logo.

Não há nada lá fora que consiga ser independente do que sinto cá dentro.

Pic Mybrokenpieces

sábado, junho 09, 2007

persuasão


Enquanto espero aqui por ti,
e me apercebo que os anos passam,
fico consciente que ainda não chegou
o momento para te encontrar.

Não me falta ambição,
e estou cheio de desejo,
mas espero uma revelação
quando as minhas vidas me derem descanso.

E vou respirando a pensar em ti,
rindo sozinho.
Sei que acordo por ti,
e que já estás em mim.

....

E aqui estou, sentado
a fazer poemas ao desconhecido,
a escrever o meu futuro,
e a desenhar a minha paixão.

pic DreamingPhotographer


"One man's ways may be as good as another's, but we all like our own best." Jane Austin (1775-1817)


quinta-feira, junho 07, 2007

quarta-feira, junho 06, 2007

não parar


Olha para a confusão,
o que vês não é desarumação, são pensamentos.
Eu não estou despenteado, estou a vibrar de inspiração.

Ouve... eu não digo Adeus, mas sim não vás.

Também sou coragem quando recuo,
Alegria quando amuo.

Sou escorregadio mas sabes que não vou a lado nenhum.

Para ti estou em paz...mas o meu coração não bate..
luta para não parar.

pic rache-engel
Eu não sou triste, apenas fui desenhado assim.
E com audácia digo que minha mente é maior do que o mundo...
e como ela me mente.
Hoje diz-me que não há esperança,
que cumprirei o meu caminho (longo caminho)
Que um dia vem depois do outro,
que o desespero é gratuito e a felicidade paga com sanidade.
Foi a minha felicidade que me trouxe aqui...
e que bom seria se conseguísse viver do passado.

Espero que a tristeza inexplicável que sinto me traga um feliz Yang.

hurt


"Hurt"

I hurt myself today
To see if I still feel
I focus on the pain
The only thing that's real
The needle tears a hole
The old familiar sting
Try to kill it all away
But I remember everything

What have I become?
My sweetest friend
Everyone I know
Goes away in the end
You could have it all
My empire of dirt
I will let you down
I will make you hurt

I wear this crown of shit
Upon my liar's chair
Full of broken thoughts
I cannot repair
Beneath the stains of time
The feelings disappear
You are someone else
I am still right here

What have I become?
My sweetest friend
Everyone I know
Goes away in the end

You could have it all
My empire of dirt
I will let you down
I will make you hurt
If I could start again
A million miles away
I would keep myself
I would find a way

(Nine inch nails)

pic; "requiem for a dream" by
rache-engel

terça-feira, junho 05, 2007

Tragic Boy and the Lost Desire


às vezes não há nada a dizer...
nada a fazer.
É só esperar que passe...


there are no free hugs out here

pic Dan14Lev

Até Logo


Ás vezes é preciso largar,
é preciso uma voz forte... um tom decidido.
Um "segue em frente" disfarçado de "até logo".

Sabes ... sinto falta da nossa distância...
do nosso "ai se estivesse aí".

As promessas vivem no mundo dos sonhos,
são maiores que a vida,
são feitas de desejo.

E tu nada me podes prometer agora,
Tu dominas os meus sonhos,
por isso preciso de me afastar.

Preciso de semear saudade,
De construir novos castelos
De te surpreender com loucuras.


Então, com saudades de saudades, te digo: "Até Logo"

(A triste loucura do Adeus desejado)

pic D4D1

segunda-feira, junho 04, 2007

chamada...mais uma


Não falo contigo há muito tempo,
tremo a ensaiar o que te dizer.
Disseste-me que ias seguir o vento
que te levasse para onde não me quisesses ter.

Leio e releio o teu número,
como se não o soubesse de cor,
os dedos tremem...assumo-o,
decido procurar o A..de amor.

São eternos os segundos da ligação,
obviamente sinto-me angustiado,
e quando chega o momento da emoção...
"Vodafone o telefone está desligado"

pic Bad-Kitty

domingo, junho 03, 2007

Sai do meu jardim!



Sai do meu jardim!
És e sempre foste a minha única árvore, mas vai-te embora do meu jardim.
Preciso de todo o espaço para acreditar na floresta que vai crescer.

Sai do meu jardim!
Mas não deixes as tuas raízes,
sabes bem que estão fundas, e que voltarás sempre a nascer.

Sai do meu jardim!
que estou cansado de apanhar folhas,
secas e belas que não resisto a levar para casa.

Sai por favor do meu jardim,
porque não paras de crescer alimentando-te das minhas lágrimas.

Árvore do amor passado,
sai por favor do meu jardim...
porque não resisto a subir para cima de ti,
pronto para uma queda sem fim.

pic JeanFrancois

Hiding my Sadness (todas as respostas estão contigo)


Porque sinto que estou sempre à parte sem a parte de mim que partiu contigo...

Porque sinto que o que faço para te ter tinha de o fazer quando te tinha sem ter percebido...

Porque não vejo que quem sou deixei de ser, para tentar ser parecido comigo...

Porque me dei e deixei que me levasses e não me quero de volta e por isso ando às voltas perdido...

Porque chorei e sei que quem me levou também levou todas as respostas e mais do que tudo é o meu abrigo...

pic JeanFrancois

sexta-feira, junho 01, 2007

ao lado


Tu és doce, pequena fada,
feita da boa realidade,
dás pureza em troca de companhia,
ofereces sorrisos por sinceridade.

Sabes bem que nem tudo é bom,
sabes bem o que é sofrer,
e sofrer é saber
que o bom
vem depois...um pouco sem querer.

E dizes sem rodeios,
que te atrapalham as complicações,
porque não são fins...são meios,
sáo puras desilusões.

Sabes, fada doce,
a tristeza que em mim vês,
é armadura contra o mundo dos porquês.

Mas a tuas palavras suaves têm a força que preciso
quando solto para ti,
o meu sorriso.


pic psychosis

gritos a um menino


Um menino que queria viver,
com muitos sonhos sonhados,
sentiu pressa em crescer,
em passar da imaginação ao fazer.

Nunca teve brinquedos,
só esperanças,
nunca teve medo
no seu olhar de criança.

E no dia que saiu à rua,
deparou-se com a realidade crua,
pois o mundo dos crescidos,
era construido por gritos.

"Parém!" disse ele,
"Não vos consigo perceber!!"
Ponderou então, o menino,
se queria realmente crescer.

Voltou para dentro de si,
e fechou os olhos perdido.
"nem mais um centímetro... por favor,
não sou digno de tantos gritos".


pic by messa

feliz dia mundial da criança