quinta-feira, outubro 26, 2006

Humano, Demasiado Humano



Tenho a sorte de conhecer algumas pessoas maiores que a vida.
Não são apenas sentidores, são bem mais do que isso.
São vida em estado bruto, lágrimas e sorrisos dançantes.
Céus floridos de amor envolvente.
Tocam-me e deixam-me tocar-lhes como se um sorriso meu os envolvesse e alimentasse.
São paixão pelo sonho e amantes da realidade.
São uma benção cativante que quer sempre dar mais.
São viventes com uma fome insaciável, com sede de querer e com um mundo para amar.

pic by
TOYIB

6 comentários:

Anónimo disse...

És lindo
Obrigada
Z

Bee disse...

Isso é Ser Humano.

Anónimo disse...

És um poeta... e deixas-me sem palavras.
Muito obrigada.
D

Anónimo disse...

é por vezes tão dificil ao ser humano... ser, humano. Especialmente quando a sensibilidade que nos esforcámos por ter é repudiada pelos outros fazendo um elogio da força e da dureza... como se ser verdadeiramente sensível, como se saber chorar da mesma forma que se sabe sorrir nao fosse afinal a maior de todas as forças...

aquele abraço...
P.

Anónimo disse...

Tenho a sorte de conhecer algumas pessoas assim. E tu és uma delas. Não apenas sentidor mas “uma benção cativante que quer sempre dar mais”.

Está lindo.

Beijos, Maria.

Ana disse...

É absolutamente magnífico este post!
E o teu sorriso, a tu energia, a tua ternura também alimentam a alegria dos que têm o privilégio de te conhecer.
Um beijo enorme porque és assim.